16/08/2015

Victoria Ashley - Walk of Shame

Posted by Ana .Eliza on domingo, agosto 16, 2015 in , | No comments
Livro 01 - Slade


Meu nome é Slade Merrick e eu sou um viciado de merda... em sexo.
Já me disseram que isso é um problema. Mas vejo isso como uma paixão; algo o qual sou bom. E quem diabos para de fazer algo em que é bom?
Eles querem que eu procure ajuda; que eu mantenha meu pau dentro da calça. Não julgue meu estilo de vida. Você não é melhor do que eu. Apenas admita, você gosta de foder também. Sexo é o que eu faço de melhor; é minha vida, então vou abraçá-lo, em vez de ter vergonha.
Quando não estou uma porra fodida, estou tomando algumas bebidas, dançando no Walk of Shame e pegando alguma garota; outra coisa que sou bom, pegar uma garota e cair fora. Porém realizo as fantasias mais escuras de cada mulher. Mas não há uma segunda vez.
Então, eu estou parando? Porra, não. O sexo é bonito, cru e erótico e sair de casa sabendo que posso tê-lo com quem eu quiser... É malditamente incrível. Bom há apenas uma exceção.
Aspen.
Quando ela entra no clube, balançando os quadris, chama a atenção do meu pau, imediatamente. Ela é pura perfeição. Isto é, até ela abrir a boca, me recusando. Então pela primeira vez desde sempre quero algo mais que apenas sexo. Eu quero ela e ela me odeia, ou diz me odiar.
As coisas estão ficando sujas. Sujo é como eu gosto; é como eu vivo. Mas... Ela está jogando um jogo que nunca poderá ganhar.






Livro 02 - Hemy

    Meu nome é Hemy Knox e eu sou a porra de um destruidor de corações...
Eu feri a única pessoa que significa mais para mim do que minha própria vida; a única mulher que já amei. Eu deixei as drogas, o álcool e a vida selvagem assumir e me consumir. Eu a tinha onde queria e rasguei a porra de seu coração.
Desde então, passei inúmeras noites fazendo sexo sujo, sem sentido com uma multidão de pessoas; apenas para deixá-los querendo e implorando por mais, sem arrependimentos ou vergonha. Alguns podem até me chamar de demônio sem alma.
Eles olham e julgam, mas há uma coisa que eles não sabem; ninguém sabe. Eu quero algo mais que esta vida desregrada e sexo sem limites, onde a festa nunca termina. Eu quero o amor e tudo que vem com ele; esse sonho nunca morreu. O problema é... Eu quero que seja com ela. Onyx.
Ela se recusa a ser minha... Novamente. Ela é inteligente e uma teimosa sem piedade quando quer; diz que está guardando seu coração e com isso rasga o meu. Não posso dizer que a culpa é dela. Eu sempre fui um imbecil quando se trata em lidar com as emoções de uma mulher.
Ela quer me ver sofrer tanto quanto ela sofreu por mim; quer assistir minha derrocada e me ver rastejando sob seus pés, pedindo clemência. Ela quer me esmagar até que eu não consiga mais respirar e eu... Vou fazer exatamente o que ela quer, porque dói muito menos do que não tê–la em minha vida.
Mas eu vou fazer tudo para fazê-la ser minha, mais uma vez. A dor só me deixa mais forte; alimenta minha indignação e me dá uma razão para viver... Ela.



Livro 03 - Cale

Meu nome é Cale Kinley e sou um maldito virgem... 
Bem, exceto minha língua. As inúmeras coisas que posso fazer com a minha língua são capazes de deixar você sem fôlego e implorando por mais, mas mais... é algo que eu não posso dar. É uma escolha. Minha escolha. 
Há uma razão para isso. Uma boa razão, e essa razão é ela.
Riley.
Ela é a única mulher que quero me enterrar profundamente. A única mulher que quis desde que tive idade o suficiente para foder. 
Eu nunca tive a chance, porque ela partiu. Ela não teve escolha e isso me deixou arrasado. Mas eu não podia deixá-la partir sem lhe dizer o que sentia. Eu queria que ela fosse a minha primeira e que não importaria quanto tempo tivesse que esperar.
Já se passaram seis anos e agora ela está de volta e mais sexy do que nunca. Apenas olhá-la faz meu coração parar de bater. Eu a quero e a quero para mais do que apenas ser a minha primeira.
Estou determinado a tê-la de todas as maneiras possíveis. Ela acha que isso ainda é um jogo; que já estive com várias mulheres. O que ela não sabe é que eu tenho muita força de vontade. 
Quando eu quero algo tanto quanto a quero, eu não abro mão dos meus objetivos. Eu provarei isso a ela. Há apenas um pequeno problema que preciso resolver...
Ele.

0 comentários:

Postar um comentário

Não vai sair sem comentar né?!
Fale sobre o que você achou do livro, do blog, deixe suas opiniões.
Lembrando que ofensas não serão aceitas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...